Sem categoria

Durma como você come

Assim como a privação do sono pode alterar parâmetros fisiológicos, o status pró/anti-inflamatório e antioxidante, modular o consumo alimentar e ganho de peso, o consumo dietético também exerce efeitos diretos sobre a qualidade do sono. Saiba mais neste texto!

Distúrbios do sono afetam uma significativa parcela da população e impactam diretamente na disposição e aprendizado durante o dia e estão presentes em indivíduos com ansiedade, depressão e com elevados níveis de estresse. Estando presente ainda, em mulheres com cólicas menstruais e menopausa e pessoas com Fibromialgia.

Como supracitado, o estresse relaciona-se com distúrbios do sono e a explicação deste fenômeno é pelo aumento dos níveis de cortisol, decorrente dos estímulos estressores a longo prazo, que desregula o ciclo sono-vigília e promove status inflamatório. Ademais, o baixo consumo de antioxidantes como vitaminas, por exemplo, o ácido fólico e a vitamina B6, minerais, especialmente zinco e magnésio e de outros compostos como polifenóis e carotenoides, pode agravar estes distúrbios.

O consumo de alimentos integrais, oleaginosas, leite e derivados é um crucial para um sono de qualidade. Além da oferta de micronutrientes, estes alimentos são fonte de triptofano, um aminoácido precursor da serotonina e melatonina, neurotransmissores envolvidos na qualidade do sono.

A ingestão adequada de frutas também se faz necessária, devido ao teor de micronutrientes e fitoquímicos. A respeito, o consumo de Kiwis antes de dormir melhora a eficiência do sono. O Kiwi é rico em antioxidantes, vitaminas C e E, flavonoides, ácido fólico, antocianinas, carotenoides, e contém uma quantidade significativa de serotonina, sendo um grande aliado do sono.

Como dizia Hipócrates: “Que teu remédio seja o teu alimento e que teu alimento seja o teu remédio”. Cultive bons hábitos com auxílio de um Nutricionista!

Este texto foi escrito por Ismael Oliveira, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Posts relacionados

Suplementação na Menopausa

SILVIA ANDRADE

Estratégias nutricionais para o surf

Rafael Teixeira

Hiperproteicos: Aplicabilidades

Thaissa

Deixe um comentário