Sem categoria

Vegetarianismo: muito além dos vegetais

Seja por ética com a noção de que os animais são capazes de sofrer e sentir, seja por saúde, meio ambiente ou filosofia, o estilo de vida do vegetariano pode ser aderido por diversos motivos e não deve ser confundido como um “plano alimentar (dieta)” para fins estéticos. Você sabe o que é o vegetarianismo e como a suplementação pode auxiliar?

O que é?

O vegetarianismo é um estilo de vida que se apresenta em quatro tipos, segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira:

  • Vegetariano estrito: Não consome nenhum tipo de carne, ovos, mel e produtos que incluem derivados
  • Lacto vegetariano: Não consome nenhum tipo de carne nem ovos, mas utiliza laticínios.
  • Ovo vegetariano: Não consome nenhum tipo de carne nem laticínios, mas utiliza ovos.
  • Ovolactovegetariano: Não consome nenhum tipo de carne, mas utiliza ovos e laticínios.

Todos se assemelham pela exclusão de carne da sua alimentação.

Vale salientar que o vegano é o indivíduo vegetariano estrito que recusa o uso de componentes animais não alimentícios (vestimentas de couro, lã e seda) assim como produtos testados em animais. O vaganismo é uma filosofia de vida.

Alimentação

É senso comum associar o estilo de vida ao consumo restrito de vegetais. Na verdade, há inúmeras variações que podem ser adaptadas pelo nutricionista para possibilitar adequação nutricional. A título de exemplo:

  • Cereais: Arroz, trigo, aveia, derivados
  • Leguminosas: Feijões,grão-de-bico, soja, lentilha e ervilhas
  • Oleaginosas: Nozes, amêndoas, castanhas e sementes
  • Amiláceos (raízes): Inhame, batata, mandioca e outros
  • Legumes: Abobrinha, chuchu, etc.
  • Frutas, sementes, flores, entre outros.

Cuidados nutricionais

Ao aderir a este estilo de vida, deve-se ter atenção a alguns grupos alimentares específicos:

  • Avaliar necessidade de suplementação da Vitamina B12
  • Consumir alimentos ricos em vitamina C (melhora a biodisponibilidade do ferro)
  • As proteínas são facilmente alcançadas pela alimentação através da mistura entre cereais e leguminosas (arroz e feijão seria um exemplo). Atualmente já existem variedades de suplementos proteicos e barras veganas para garantir este suporte – há inclusive atletas veganos.

Suplementação

Seja qual for o objetivo, existem diversos suplementos que podem ser utilizados por vegetarianos. Desde proteínas veganas – auxiliando no aporte proteico e saciedade – como também óleo da linhaça – fonte de ômega-3.  Ainda assim, existe um kit de emagrecimento vegetariano presente nas lojas da rede SNC salvador composto por cafeína, óleo da linhaça, coenzima Q10, óleo de cártamo e picolinato de cromo – uma proposta completa de emagrecimento com saúde.

Estilo de vida

Vegetarianismo, portanto, não é uma dieta para emagrecer. Qualquer plano alimentar sob supervisão de um nutricionista irá garantir isto. Ser vegetariano pode trazer diversos benefícios a saúde como já tem na literatura, mas deve ser levado a sério tendo em vista os motivos para essa escolha.

Por último, mas não menos importante, para melhores resultados procure um nutricionista – só esse profissional pode adequar a dieta para esse estilo de vida como também prescrever a suplementação que atende as suas necessidades.

Este texto foi escrito por Ramon Cardoso, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Deixe um comentário