Health Nutrition Suplementos

Emagrecimento Eficiente: Cuide do Seu Intestino!

O intestino humano abriga cerca de 100 trilhões de bactérias, representando aproximadamente 10 vezes o número total de células no corpo inteiro. Todos esses seres microscópicos vivendo dentro de nós possuem 100 vezes mais genes comparado ao genoma humano. Por isso, não ache estranho se ouvir por aí que somos mais bactérias do que qualquer outra coisa. Contudo, isso não é motivo para se desesperar ou criar alguma paranoia, pois, dependemos dessas bactérias para sobreviver, e também para emagrecer.

Qual a relação entre microbiota intestinal e emagrecimento?

Estudos recentes tem demonstrado que o desequilíbrio das variadas espécies bacterianas que compõe a microbiota intestinal, representa um dos pilares que levam ao desenvolvimento da obesidade. A evolução dessa doença crônica está relacionada com a proliferação exarcebada dos filos bacterianos Firmicutes e Bacteroidetes, pois, a atividade metabólica desses microbióticos intestinais facilitam o acúmulo de gordura no corpo.

Tenha um intestino saudável!

Manter sua saúde intestinal íntegra promove um ambiente fisiológico mais adequado para o emagrecimento. Sinais microbianos regulam a liberação de fator adiposo induzido pelo jejum (Fiaf) a partir de células epiteliais do intestino, desta forma, ocorre uma regulação do armazenamento de gordura periférica via inibição da lipoproteína lipase (LPL).

E uma das formas de se obter um intestino saudável, é através da promoção da proliferação de bifidobactérias (Bifidobacterium) e lactobacilos (Lactobacillus). Para que isso seja possível, é necessário a ingestão de fibras prebióticas que serão digeridas (fermentadas) preferencialmente por essas espécies específicas de bactérias. O resultado da fermentação dos prebióticos são os ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), o acetato, butirato e o propionato.

Esses AGCC agem como sinalizadores em receptores específicos em diversas células como no adipócito, enterócito e células do sistema imune. Por exemplo, nos enterócitos quando ocorre essa ligação, estimula-se a liberação do hormônio GLP-1, responsável por melhorar a resistência insulínica e promover saciedade. Enquanto nos adipócitos, essa ligação faz com que haja a supressão da liberação de insulina, o que previne o acúmulo de gordura.

Suplementos que ajudam a emagrecer e cuidam do intestino…

O café verde apresenta um efeito protetor das células intestinais contra radicais livres, consequentemente reduzindo a produção de citocinas pró-inflamatórias. O ômega 3 também apresenta um efeito benéfico na microbiota, melhorando o equilíbrio entre Firmicutes e Bacteroidetes, além disso, proporciona a proliferação de Bifidobacterium, o que resulta no aumento da produção de AGCC. Os probióticos são fontes diretas das linhagens bacterianas que são desejáveis para o reestabelecimento de uma microbiota saudável, capazes de competir com aquelas que estão em desequilíbrio no estado de disbiose.

Considere o acompanhamento profissional!

Muitas são as estratégias que podem ser úteis, que prezam a saúde do intestino e resultam no emagrecimento com qualidade. Contudo, todo esse planejamento é melhor realizado por um profissional da área de nutrição. Não arrisque sua saúde com dietas da moda, procure um nutricionista!

“Este texto foi escrito por Bryan Stolze, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).”

 

 

 

 

 

Posts relacionados

Garcinia Cambogia e seus benefícios para o Emagrecimento

Ismael

O poder da Pimenta do Reino

Pedro H. Souza

Dietas hipocalóricas: vantagens e desvantagens

Isabel Oliveira

Deixe um comentário