Sem categoria

A importância do carboidrato em exercícios de resistência

Já é bem elucidado na literatura que o consumo de carboidratos (CHO)  tem grande importância para os exercícios de longa duração (endurance), uma vez que está relacionado a melhora do desempenho desportivo. O carboidrato é o nutriente mais citado nos estudos como suplemento essencial na realização de exercícios de endurance. O glicogênio muscular e a glicose no sangue são os dois principais combustíveis utilizados pelos músculos. Por isso, o fornecimento adequado de carboidratos antes, durante e depois destes exercícios é de grande importância para o desempenho.

Considerando o mérito do glicogênio muscular, o consumo de CHO antes do exercício é importante para atletas de endurance  maximizarem esses estoques, e assim, retardar a fadiga durante as provas de resistência. Pesquisas mostram que apenas um dia de alta ingestão de carboidratos já é suficiente para chegar perto de reservas máximas de glicogênio no músculo.

Outro ponto de grande importância é o consumo de carboidratos durante o exercício. Estudos mostraram que a utilização de gel de carboidrato durante a corrida resultou em melhora de 14 segundos no tempo total de uma meia-maratona, porém, apesar de segundos determinarem o vencedor na maioria destes esportes, é preciso atentar para a individualidade biológica dos atletas, pois em outros competidores, esta utilização resultou em queda de rendimento devido a desconfortos gastrointestinais. Contudo, para evitar esses efeitos indesejados, pode ser feita a associação de vários tipos de carboidratos transportáveis, assim melhora o esvaziamento gástrico e a distribuição de fluido.

Também existe a importância do consumo adequado de CHO no pós-exercício.  Esse consumo pode ajudar a restabelecer os estoques de glicogênio, garantindo assim que os músculos sejam reparados adequadamente, impactando diretamente nas atividades subsequentes.  A recomendação de reposição é de 1,2g/kg de glicose nas primeiras duas horas após a atividade para que se promova a ressíntese de glicogênio muscular e hepático.

Entretanto, além da importância pré, intra e pós-exercício, existe a recomendação adequada de consumo diário de carboidrato. Estudos recentes trazem que atletas de endurance necessitam de um consumo de 5-8g/kg/dia de CHO para manter os estoques de glicogênio favoráveis para melhora do desempenho. Mas a depender da duração do treino, pode chegar a 12g/kg de peso.

Por mais que seja bastante citado na literatura o uso de carboidrato para este tipo de modalidade esportiva, há ainda muitos estudos que mostram resultados não tão expressivos. Porém, o que parece ser relevante nos estudos é o tipo de carboidrato, o momento do uso e a quantidade ingerida. Aliando de maneira correta essas três variáveis é possível que o resultado seja notável.

Este texto foi escrito por Felipe Araújo, integrante da equipe de nutrição da SNC-Salvador, baseado em artigos científicos. Todo material utilizado pode ser disponibilizado quando requerido. Se você ficou com alguma dúvida entre em contato conosco pelo e-mail: nutricao@sncsalvador.com.br. Respeite nosso material intelectual. Sempre que usar nossos textos mencione o nome do autor e do site, por favor. Acompanhe-nos nas redes sociais e não perca nenhuma notícia e/ou promoção (busque por sncsalvador).

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.