Sem categoria

Bebida alcoólica : até quanto pode ser prejudicial aos seus resultados?

Você segue a dieta durante a semana e no final de semana toma aquela cervejinha ou qualquer outro tipo de bebida alcóolica? Se sim, não deixe de ler esse post.

É muito comum alguns praticantes de atividade física seguirem uma alimentação equilibrada durante a semana, mas quando chega perto do final de semana, não conseguem resistir aquela cervejinha gelada ou aquele bom vinho. Se você costuma fazer isso, é bom repensar os seus hábitos ou reduzir suas expectativas em relação aos resultados.

As bebidas alcoólicas são bebidas que contêm etanol em sua composição, produzido pela fermentação de açúcares contidos em frutas, grãos ou caules como a cana-de-açúcar. Essas bebidas geralmente não ofertam um valor nutricional interessante, porém acabam concentrando um alto valor calórico em sua composição. Cada grama de álcool fornece 7 calorias, densidade calórica inferior apenas a gordura, que fornece 9 calorias por grama.

 “Mas, o álcool é diurético, pode me ajudar a emagrecer… Por exemplo, mesmo composta por 95% de água, a cerveja tem etanol suficiente para desidratar seu organismo. O álcool tem o potencial de inibir o hormônio antidiurético, o que provoca a diurese e aumenta a vontade de urinar. O corpo acaba perdendo um percentual de água muito alto, aumentando a concentração de algumas substâncias no sangue, e ocasionando a ressaca no dia seguinte. É importante destacar que isso pode variar de acordo com a concentração de álcool em cada bebida.

A perda de água pode prejudicar, por exemplo, o rendimento no treino no dia seguinte, pelos sintomas de ressaca. Além disso, pode acabar interferindo na síntese proteica, já que a água é fundamental para promover um ambiente celular favorável a hipertrofia muscular. Entre outras coisas, o álcool:

  1. Em excesso e a longo prazo, pode diminuir as taxas de testosterona, e acabar atrapalhando todos os objetivos possíveis ( Hipertrofia, emagrecimento ou até mesmo qualidade de vida).
  2. Eleva os níveis de cortisol, podendo prejudicar a síntese proteica, distúrbios no sono( a longo prazo ), alterações no apetite…etc.
  3. Pode promover deficiências de algumas vitaminas e minerais. Principalmente as vitaminas do complexo B, que são co-fatores para diversos fatores fisiológicos, além do magnésio, um dos minerais mais importantes, já que participa de mais 600 reações no nosso corpo.

Porém, NÃO SE DESESPERE! A bebida alcóolica se tornará vilã somente se o consumo for excedido. Em doses moderadas o álcool (1 taça de vinho, 1-2 latas de cerveja diariamente) pode ter mais benefícios que malefícios (aumento da sensibilidade à insulina, redução de risco cardiovascular). Agora, é importante destacar que o excesso dessa substância pode afetar SIM os seus resultados, pelo alto valor calórico e pelos processos que já foram citados.

Portanto, treine bem, tenha uma alimentação equilibrada, durma bem e toma 2 cervejinhas no final de semana, que nada irá prejudicar os seus resultados de maneira significativa.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.